Pular para o conteúdo principal

13 Previsões que De Volta para o Futuro 2 acertou


Quanto foi lançado, em 1989, o filme “De Volta para o Futuro 2” imaginava um mundo em 2015 com carros e skates voadores, além de e muitas tecnologias que será muito difícil de se concretizar.

Mesmo assim, a trama em que Doutor Brown (Christopher Lloyd) e Marty McFly (Michael J. Fox) partem de 1985 para o futuro fez algumas profecias corretas para os 30 anos depois. O site Business Insider conferiu alguns prognósticos, eu acrescentei outros e o resultado foram as 13 Previsões que “De Volta para o Futuro 2” acertou sobre tecnologia.

Aqui estão elas! 

1. A MORTE DOS LASERDISCS (LD’S) E DOS COMPACTDISC (CD’S)

Se você tem menos de 25 anos, nem deve se lembrar dos LaserDiscs, aqueles bolachões semelhantes ao vinil, mas com tecnologia sonora digital. Pois o filme aposentou em 2015 tanto os LD’s quanto os CD’s...

2. COMANDO DE VOZ


Computadores ou aparelhos com tecnologia de comando de voz foi mais uma das previsões acertadas.

3. ÓCULOS DE VÍDEO PESSOAL


Em um jantar em família, na casa de Marty McFly e Jeniffer, seus filhos adolescentes estão usando um tipo de óculos tecnológico, bem semelhante ao Google Glass.

4. CÂMERAS DIGITAIS SUPERFINAS


Câmeras digitais superfinas e com tecnologia avançada? Essa foi uma previsão um tanto quanto defasada para 2015

5. GRANDES MONITORES DE TELA PLANA


Na época, TV’s com telas grandes era do mesmo tamanho de uma estante. O filme de 1985 mostra o futuro com monitores de tela plana e finos, semelhantes às TVs de hoje em dia.

6. VÍDEO-CHAMADA OU VIDEOCONFERÊNCIA SUBSTITUI TELEFONES


Videoconferência já era uma realidade na 2015 do filme De Volta para o Futuro. Para o Business Insider, o longa só esqueceu-se dos sons irritantes que o Skype faz ao iniciar ou encerrar uma chamada.

7. CONTROLES POR MOVIMENTOS SUBSTITUEM CONTROLES FÍSICOS


“Quer dizer que você tem que usar suas mãos para jogar? Isso é como um brinquedo de bebê!” Em De Volta para o Futuro, eles já previam em games de 8 bits o sensor de movimentos como Wiimote, Kinect ou o PS Move.

8. ENTRADA SEM CHAVES FÍSICAS


Pensar em portas que se abrem sem a necessidade de uma chave física hoje é fácil. Quero ver pensar isso nos anos 80, e ainda planejar que sua digital é suficiente para abri-la.

9. COMPUTADORES TABLETS PORTÁTEIS


Em um mundo onde o PC doméstico estava começando a engatinhar, De Volta para o Futuro foi além e imaginou aparelhos computadorizados do tamanho de um tablet.

10. AVIÕES QUE FILMAM CONTROLADOS À DISTÂNCIA


Os Drones, conhecidos no Brasil como VANTs (Veículo Aéreo Não Tripulado), são aviões que não necessitam de piloto embarcado e pode ser controlado à distância. Foi inventado, para fins militares e não arriscar a vida de soldados em missões perigosas. Atualmente, muitos repórteres e pessoas comuns têm utilizado aparelhos que funcionam a partir de controle remoto para fazer transmissões de notícias ou para fazer filmagens em tempo real. Estes aparelhos ficaram muito populares no Movimento Occupy Wall Street nos Estados Unidos e a tendência é ficarem ainda mais em 2015.

11. PAGAMENTO COM CELULAR


Um leitor de cartão de crédito para celular? Essa ideia Jack Dorsey, um dos fundadores do Twiter, teve ao transformar o aparelho móvel em uma prática máquina de cartão de crédito, isso através de um aplicativo chamado Square.

12. OS COMPUTADORES ESTARÃO POR TODA PARTE


Como um grande Big Brother, a trama acertou que no nosso futuro próximo os computadores estarão por todos os lugares.

13. CINEMA 3D


Superproduções cinematográficas em 3D também apareceram em De Volta para o Futuro 2. Apesar de ser uma prática desde os anos 60, o cinema 3D está mais em alta do que nunca, muito mais pelo maior poder de arrecadação das bilheterias do que a qualidade tridimensional em si.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu quero café e a volta do humor politicamente incorreto!

Resolvi voltar a escrever e quero voltar com um apelo: Eu quero café e a volta do humor politicamente incorreto!
Tenho visto muita frescura ultimamente nas Redes Sociais e até concordo que a galerinha jovem de hoje ache tudo chato e errado e que qualquer tipo de zoeira seja politicamente incorreta (eles não tiveram a TV Globinho, Chaves e as séries que passavam depois do Bom dia e Cia no SBT para educá-los), o que eu não concordo é o fato de pessoas com mais de 28 anos de idade entrarem nessa ondinha de que tudo é preconceito, ou machismo, ou bullying, ou sei lá mais o que…
Recentemente passei por isso no Facebook, onde fiz uma postagem (totalmente inocente) e fui chamado de machista… Eis os comentários: “Quer dizer que você é machista” “Não esperava isso de você” “Só o preconceito que não muda”… Além dos emoticons zangados. Eu machista? Cara, eu lavo louça em casa e cozinho.
O que é que tá acontecendo com você? Você fez tudo isso nos tempos de escola e sofreu tudo isso também e sobrevive…

36 perguntas para duas pessoas estranhas se apaixonarem

Para além da química e do destino, há pesquisadores que acreditam na possibilidade de dissecarmos os sentimentos de intimidade e atração
Suponha que duas pessoas não se conheçam e elas, por algum motivo, desejem se aproximar romanticamente. 
Alguns vão dizer que a tentativa depende das estrelas, outros vão defender feromônios e há aqueles que talvez acreditem na mais pura sorte.
Em 1995, o psicólogo e pesquisadorArthur Aronconduziu um experimento para testar um método prático que induzisse duas pessoas a se sentirem íntimas. O processo foi realizado com estudantes de psicologia que, sentados em uma sala confortável, receberam três pacotes com uma série de perguntas e a instrução de que o experimento seria uma espécie de jogo agradável, cuja intenção era apenas fazer com que se aproximassem.
O Dr. Aron nos diz em seu estudo que "um padrão chave no desenvolvimento de um relacionamento de proximidade entre duas pessoas é a contínua, crescente, recíproca e íntima abertura.".
Para est…

O Político e o Assessor

Um político e um assessor estão calmamente almoçando no restaurante quando:
– Você trancou a porta do comitê? Perguntou o político.
– Não! O senhor não trancou a porta? Perguntou o assessor.
Imediatamente ambos ficaram assustados e foram tomados pelo pânico e pelo pavor. Logo pensaram em como a cidade anda violenta e a criminalidade só crescendo… Isso não demorou muito, pois eles se olharam e por um instante estranharam aquela impulsiva e natural reação e logo caíram em si.
– Ufaaaa! Que susto o senhor me deu! … Não tem problemas! … Nós estamos aqui. Comentou o assessor.